HÉRENS, SUÍÇA

Descrição enviada pela equipe de projeto. Um cliente holandês, empresário, pianista de hobby e piloto de corridas, não estava satisfeito com o layout desordenado de seu chalé recém adquirido.

© Ossip van Duivenbode

Diante deste cenário, os arquitetos da SeARCH propuseram começar do zero e adaptar o programa de forma mais compacta e específica ao local, considerando os desafios do terreno íngreme.

© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode
 

O chalé ‘tradicional’, originário de ‘chahtelèt’ (cabana do pastor) consiste em uma sólida casa de madeira com persianas e telhado de duas águas, apoiada em uma fundação de pedra. Nos Alpes Suíços, o chalé transformou-se gradualmente em um pastiche de “várias vertentes” como chalé de esqui de luxo ou cresceu em mega proporções com um máximo de apartamentos para um turismo acessível.

Os exemplos históricos mais bonitos ainda são as casas maiores (de fazenda) para várias famílias, no alto dos Alpes, usadas apenas no verão.

Inspirado no impressionante ‘Grand Chalet Balthus’ em Rossinière (CH), com grandes saliências no telhado, o programa de 500 m² foi projetado em um volume puro.

A garagem foi removida da parte de trás da casa, onde havia um acesso difícil a ser feito pela estrada mais baixa. Através de um corredor e elevador, esculpidos na montanha, ele tem uma conexão direta com todos os três níveis da casa; a pousada no térreo, as principais áreas de estar no meio e um apartamento privativo no sótão. Todos os andares dão acesso a terraços de três metros de largura, conectados por escadas e uma vista fenomenal sobre o Maciço Dent Blanche, com mais de 4000 picos, entre eles Matterhorn, Dent Blanche, Dufourspitze e Weisshorn.

Leave a Comment